DESTAQUE

Eletromobilidade, a evolução continua para ganhar o consumidor

Crédito Divulgação Internet

Recarga parcial em três minutos e total em apenas 15

Muitas pessoas com as quais converso comentam que enxergam a eletromobilidade como fundamental para a preservação ambiental e redução da poluição, sobretudo nos grandes centros. Mas acham muito difícil a adoção de veículos elétricos em larga escala em curto prazo por diferentes razões, como falta de infraestrutura, preço elevado, baixa autonomia, dificuldade e demora de recarga, e desconhecimento se o custo do quilômetro rodado é realmente mais baixo.

Infelizmente, o aspecto preço elevado, por enquanto, vai continuar a ser um grande obstáculo, não somente para os consumidores comuns, mas também para os empresários e operadores de transporte, porque não há nenhuma iniciativa realmente eficiente para que os impostos sejam reduzidos e também para que os governos criem condições para que fique mais acessível para todos. Como investir em uma frota de veículos eletrificados se não existe ainda infraestrutura adequada e limitações de pontos de recarga, grande tempo parado e baixa autonomia?

Aos poucos, a indústria vai desenvolvendo novas soluções e eliminando os entraves existentes para a maior adoção da eletromobilidade. Na Europa e nos mercados mais evoluídos, a infraestrutura de recarga de veículos elétricos, especialmente estações rápidas, convenientes e fáceis de operar, se constitui no principal obstáculo para o crescimento da eletrificação. Neste sentido, a boa notícia é que a ABB, empresa multinacional com sede em Zurique, Suíça, que trabalha em tecnologias de energia e automação (resultado da fusão da sueca Asea e a suíça Brown, Boveri & Cie.), acaba de apresentar um novo carregador que proporciona 100 quilômetros de autonomia em apenas três minutos.

O Terra 360, definido como o “carregador mais rápido do mundo”, pode ainda carregar quatro veículos simultaneamente, o que o torna indicado para eletropostos públicos e privados e aplicações em estacionamentos e empresas de frotas. A ABB assegura que, com potência máxima de 360 kW, qualquer carro elétrico poderá ser totalmente carregado em no máximo 15 minutos.

Durante o lançamento do produto, o presidente da Divisão de E-mobilidade da ABB, Frank Muehlon, disse que o Terra 360 é a chave para atender essa demanda por recargas quase instantâneas e acelerar a adoção de veículos elétricos em todo o mundo.

O novo carregador chegará a países da Europa até o fim deste ano. Por meio de parcerias com operadoras de cobrança internacionais, a ABB espera instalar as primeiras unidades nos Estados Unidos, América Latina e em mercados da região Ásia-Pacífico já a partir de 2022. O Terra 360 tem sistema de iluminação que orienta o usuário no processo de carregamento e indica o nível de carga da bateria do veículo e o tempo residual antes de uma sessão de carga ideal.

O longo tempo de recarga das baterias parece estar chegando ao final e, junto com ele, também outro grave problema, o da menor autonomia. Uma vez que o Terra 360 – ou qualquer outro dispositivo com tecnologia similar – seja amplamente comercializado em todo o mundo, tornará possível “abastecer” o veículo elétrico de maneira quase igual ao carro convencional e ampliar o seu alcance e a conveniência para os usuários.

Desde 2010, a ABB vem desenvolvendo uma grande variedade de dispositivos de carregamento elétrico para carros, ônibus, vans, caminhões e até navios e ferrovias. A empresa já comercializou mais de 460 mil carregadores em 88 países desde então, sendo 21 mil do tipo rápido DC e outros 440 mil AC.

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin