DESTAQUE

FPT Industrial apresenta a mais recente transmissão manual longitudinal de 6 velocidades para o New Daily

Divulgação FPT Industrial, Logo

A FPT Industrial de Torino, Itália, introduziu uma nova transmissão manual longitudinal, a FT50.6, para veículos comerciais leves de até 8 toneladas de PBT, que, de acordo com a divisão de powertrain da CNH Industrial, oferece uma atualização significativa em relação à geração anterior de transmissões longitudinais. A transmissão FT50.6 consolida a linha anterior para motores leves em uma única plataforma.

A transmissão FT50.6 apresenta um novo sistema de câmbio, derivado dos carros de passageiros, que oferece mudanças de marcha mais suaves, conforto e dirigibilidade geral. De acordo com Andrea Abba, responsável pelo marketing de produto da divisão on-road da FPT Industrial, a folga na alavanca de câmbio foi reduzida em 50%, de 20 mm para 10 mm. Abba diz que o uso de óleo totalmente sintético, em vez de semissintético, estende o período de troca de óleo para 350.000 km ou 10 anos – ou potencialmente o equivalente à vida útil do veículo – de 150.000 km ou dois anos. O novo óleo, junto com os novos rolamentos, reduz o atrito, o que aumenta a eficiência da transmissão, resultando em uma redução de 0,5% no consumo de combustível.

Além disso, essa transmissão agora é compatível com a capacidade máxima do motor F1A de 2,3 litros, de até 400 Nm, enquanto anteriormente era 350 Nm, diz Abba. Pode ser acoplada também ao motor F1C de 3,0 litros e suportar até 500 Nm de torque.

Abba diz que a transmissão FT50.6, que é produzida em Torino, Itália, é vendida para a Iveco para a linha New Daily na Europa; A Iveco é atualmente o único cliente desta transmissão. No entanto, é possível que se outra montadora desejar experimentá-la em uma aplicação, isso, é claro, seria considerado, diz Abba´.

Abba´ diz que a FPT Industrial continua sendo a maior produtora de motores em volume do mundo para motores altamente regulamentados (Euro VI e acima nos mercados on-road e off-road Tier IV), cuja comercialização de produtos inclui eixos, transmissões e motores a diesel e gás natural de 2,3 litros a 13 litros com potências máximas de 570cv (diesel) e 460cv (GN) para caminhões leves e médios / pesados ​​e ônibus). A FPT continua a fornecer motores para diferentes montadoras, como a Fuso da Daimler, para a linha de modelos de caminhões Canter, que começou em 2014. Ela fabrica e fornece motores da plataforma de motor F1 para Canter (F1C 3.0 litros). Os motores para esses clientes são construídos na fábrica de Foggia, na Itália. Abba’ acrescentou que mais de 50% das vendas de motores da FPT Industrial (on-road e off-road) foram para clientes não cativos. Outro exemplo é a Tata Daewoo, na Coréia do Sul, a quem fornece os motores N45-67 (4,5-6,7 litros) e Cursor 9, 11 e 13 litros para sua gama de caminhões médios e pesados.

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin